Corrida ao armamento

O barulho das armas ressoa nas ruas de Clint City. Enquanto a bonita Karen utiliza o seu taco de bilhar de forma explosiva, o assustador Ahkab está pronto para trespassar os inimigos dos Piranas com os seus arpões. E embora Ngrath venha do espaço para vender as suas armas aos Sakrohm, Gudvibz prefere espalhar ondas de paz 100 % bio.

AHKAB – Piranas

Ahkab

Ahkab sempre foi o melhor arpoador da tripulação, não hesitando mergulhar bem fundo para trazer espécies raras de peixes ou conchas. Até ao dia em que um estranho simbionte de coral se implantou na sua pele e começou a transformá-lo progressivamente. Presentemente, vive mais debaixo de água do que no navio e Bloodh só envia Scubb para o ir buscar para fazerem assaltos ou para as grandes algazarras.

NGRATH – Sakrohms

Ngrath consegue arranjar-vos tudo. Mesmo tudo. Enfim, se for uma arma, que lance raios grandes e que esteja disponível nesse quadrante galáctico. Este extraterrestre de aparência humanóide depressa se impôs como uma referência incontornável no mercado do pronto-a-atirar. Mas não tentem fazer com que baixe os preços se não quiserem encontrar-se no lado errado da mercadoria dele!

KAREN – All Star

O bilhar é um desporto de homens, toda a gente sabe isso! Não foi então fácil para Karen impor-se nesse meio. Por isso, desenvolveu uma técnica particularmente agressiva que impôs o respeito aos seus colegas e que fez com que os All Stars reparassem nela. Agora só falta canalizar a sua energia contra os clãs adversários, pois tem um temperamento um tanto ou quanto… explosivo!

GUDVIBZ – Roots

Para emitir boas vibrações, é necessário recorrer a materiais naturais! No Relaxatron(TM) de Gudvibz só há elementos de bio-ressonância, perfeitamente alinhados no âmbito terrestre e no tema astral do divino Bob. Isto pode transformar o mais stressado dos Uppers num rapaz bué fixe… Resta saber se isso acalmará um Nightmare em cólera.

Boa noite pessoal!

Ahkab – uma 6/8 muito ao estilo de outras cartas do urban como fuzz ou lou e que compensam a falta de potência com a iminência de fazer ko com qualquer outra carta, mas as regras de elo estão a mudar, e os 15 pontos de vida iniciais podem mandar a estratégia por água abaixo.  Falta falar na benesse desta carta o poder que em caso de derrota devolve 3 pillz, fazendo desta carta um bom bluff, e que num deck piranas pode ser fatal.

Ngrath – provavelmente a melhor carta da semana, tendo em conta a falta que fazia aos sakrohms uma boa 3* e que tivesse de preferência bons danos. Virtualmente uma 7/6 que vai dividir lugar com murray e sigma quando esta não estiver banida.

Karen – uma 3* bastante sólida para os all star, e que em semanas loucas de SOA’s pode-se tornar numa imbatível 9/7. Mas dentro do clã a competição de 3* é feroz com cartas como robb, randy ou kang para dividir a posição.

Gudvibz – a pior carta da semana sem dúvida, uma 2* 7/1, cujo o poder é quase inútil.

até à próxima 😉

VIP Tournament 3 – Quartos de Final – Resultados

Reforços de Choque

A guerra entre os soldados do futuro e os gangs de Clint City provoca estragos! A bela e temível princesa dos Vortex, Shaakarti, conduz as suas tropas, enquanto o seu vil negociador Izsobahd tenta forjar alianças secretas. Terão de aguardar uma oposição obstinada dos Sentinel que acabaram de recrutar Kamakura, e dos Rescue que têm agora Ash e a sua mão que mata…

SHAAKARTI – Vortex

Não é assim tão fácil ser-se uma Princesa Vortex! Enquanto as jovens da sua idade se divertiam, Dançavam ou namoriscavam, Shaakarti tinha aulas de diplomacia, etiqueta e combate. Mas depressa mostrou disposições para o combate, bem como uma grande maldade, sendo dispensada das outras aulas… depois de ter assassinado todos os professores.

KAMAKURA – Sentinel

O sargento Kamakura sempre teve dificuldade em caber na farda. É preciso dizer-se que sushis e donuts não combinam lá muito bem! Mas tudo mudou quando decidiu fazer do seu peso uma força e tornar-se lutador de sumo. Transferido para Clint City por superiores corrompidos, decidiu juntar-se aos Sentinel para fazer reinar a justiça com grandes golpes de abdómen!

IZSOBAHD – Vortex 

Os Vortex não estão sempre em guerra! Também descansam para festejarem dignamente as suas vitórias e construírem novas armas. O papel do Negociador é portanto essencial e, claro, extremamente lucrativo. Um dia, Izsobahd jurou a si mesmo que iria obter o posto do Kha’alif, o Negociador Supremo…

ASH – Rescue

Quando a bonita colega Elvira lhe falava de zombies, Ash tinha dificuldades em evitar rir. Foi evidentemente antes de um Ambrose particularmente esfomeado lhe ter mordido a mão que teve de matar dois ou três para ter paz. Desde então, tudo corre bem para Ash. Tirando, é claro, a ligeira transformação da sua mão que parece estar animada com más intenções…

 

Bom dia Portugal!

ora aqui estão as cartas desta semana:

Shaakarti outra carta 5 * para os vortex, é uma sólida 7/7e o poder até pode dar jeito (coragem: SOB), mas não me parece que venha tirar o lugar a ninguém, pelo menos em elo.

Kamakura esta sim, vai directamente mexer com as contas dos Sentinel no que toca a elo, confiança não é o poder ideal, mas visto que a pode tornar numa letal 8/6, pode muito bem substituir Miranda, ou a Malia.

Izsobahd  8/3 com o poder stop:-3pillz adv. Min. 1, não fosse o poder ser “stop” e seria perfeita, assim sendo mais 1 de dano vinha a calhar.

Ash, um mini leader de 3* para os rescue, caso vençam o round nos seguintes podem contar com o extra de 1 de vida até ao Max de 8. Para mim esta é a carta da semana e pode ser a primeira de um novo conjunto de poderes que ficam activos assim que se ganhe o round com a carta e ficam activos até ao fim do jogo. Parece-me que os nightmare brevemente também receberam uma carta deste género!

Até à próxima pessoal, fiquem bem! 😉

Os 8 Finalistas da VIP Tournament 3

Bella Ld.

Está disponivel mais uma carta lendária no UR.

 

Bella Ld.

Quando as raparigas do Borgia’s Palace, lideradas por Bella, sobem ao palco, até os jogadores mais viciados fazem uma pausa e viram a cabeça para o palco. Ainda que a pausa dure apenas alguns segundos, é uma verdadeira proeza, que Oscar, por exemplo, não conseguirá provavelmente realizar.

 

Não acho que seja uma boa carta, pois o poder limita-a um bocado, uma carta de 3 estrelas com 5 de Danos para um clã como os Montana que já têm por si só pouco Danos não é mau de todo, mas de facto os 5 de potência deixa algo a desejar.

Para adquirirem esta personagem têm até ao dia 06/02/2011, e as missões que têm de fazer são:

 

1- Ganhar 15 Rounds com os Montana

1- Acabar no 1ºterço de um Torneio

2- Ganhar 20 combates utilizando pelo menos 2 Montana em modo Survivor

2- Ganhar 20 combates utilizando pelo menos 2 Montana em modo ELO

2- Ganhar 20 Rounds com Oscar

2- Ganhar 15 combates terminando com um K.O. de Rosa

2- Infligir 70 Danos com Murphy

3- Infligir 300 Danos com Montana

 

Muitas missões, porém temos a vantagem de as poder fazer quase todas em simultâneo.

Novidade no sistema de jogo

Bem, pareçe que o Urban Rivals decidiu inovar novamente e desta vez deu um novo look ao jogo no que toca á parte das salas de combate e aos próprios combates.

Ao entrarem numa sala, no momento em que estiver a carregar a mesma,  aparecer-vos-à ao que tudo indica uma imagem das últimas cartas que saíram.

Dentro da sala também houve uma modificação, na qual agora apareçe o Avatar de cada jogador antes do nick.

Já quando vamos a defrontar o adversário apareçe-nos na tela o jogador que vamos defrontar, com a sua foto, nick, level, nacionalidade e guilda a que pertence, assim como a nossa informação como é obvio.

Durante o combate existe uma série de novidades:

– Agora temos a possibilidade de ouvir-mos música durante o duelo, dependendo dos clãs que estão apresentados.

– Foto dos jogadores durante o duelo .

– Indicação do tempo restante para o round em minutos, segundos.

– Animação para os efeitos de poderes entre os rounds (Veneno, Perda Vida, etc).

– Apresentação do Pillz gratuito (pode gerar um pouco de confusão para quem já está habituado a jogar, mas é uma questão de hábito, no entanto podem desactivar esta versão e optar pela antiga).

– Apresentação das descrições das personagens, clãs, poderes e bónus directamente no duelo.

– Apresentação dos pillz jogados num round anterior.

–  Botão que permite passar do modo normal para o modo acelerado para a apresentação das animações.

E por fim temos um resumo do nosso combate muito mais atractivo e informativo.

Bem, aproveitem estas novas mudanças do UR, para ganharem novo fôlego para perderem mais uns dias a jogar Urban Rivals..:-)

Estranhos Visitantes

Sem que os bons cidadãos de Clint City o saibam, personagens enigmáticas chegam à cidade.
Enquanto o misterioso Aniki é recebido no aeroporto pelo clã Montana, Numar surge das profundezas do oceano para se juntar aos Ulu Watu. Será que conseguirão integrar-se à população local? Certamente melhor que Qubik, o robot musical de Nobrocybix, ou Wurmhol, o verme gigante cuspidor de ácido de Astrid.

ANIKI – Montana

aniki

Quando o irmão mais velho foi morto por um polícia de Clint City em missão no seu país, Aniki jurou treinar até conseguir vingar-se. Demasiado impetuoso para o kung-fu, tornou-se num perito da catana e das grandes armas. Os Montana prometeram auxiliá-lo na sua busca em troca de alguns serviços e as primeiras pistas parecem levar ao clã dos Sentinel…

NUMAR – Ulu Watu

Filho de Naliah, rainha do povo anfíbio dos Aquanis, e de um marinheiro de passagem (há quem fale de Smokey Cr…), Numar decidiu, ao atingir a maioria, explorar o mundo da superfície para ver se tudo era realmente como na sua série preferida: Pânico em Clint Beach! Após algumas dificuldades de integração, juntou-se muito naturalmente aos Ulu Watu.

QUBIK- Junkz

No início, Qubik era apenas a aparelhagem portátil hiper sofisticada de Nobrocybix. Mas é claro que não quis deixar de a melhorar, depois de lhe criar uma inteligência artificial capaz de fazer mixes tão bons como os de um ser humano (felizmente, DJ Korr não é um simples ser humano)… Os canhões sónicos são apenas um pequeno bónus para as lutas dos Junkz.

WURMHOL – G.H.E.I.S.T

O crescimento dos vermes de Astrid é uma etapa muito delicada, a vigiar de perto. Quando Wurmhol estava na sua cuba, Astrid foi detido por Dayton por ter deteriorado o passeio onde os respectivos vermes faziam as suas necessidades. No tempo que decorreu até ser libertada, Wurmhol ficara demasiado grande para ser trazido pela coleira! Assim, ela deixa-o patrulhar sozinho os esgotos, onde come tudo o que se mexe.

 

Boas pessoal vip, vamos lá a mais umas cartas novas!

Aniki, uma carta a juntar-se a edd e a donnie como 4* dos Montana, ainda que sendo a mais fraca das 3. O poder não é mau de todo, mas já existem várias cartas com o poder vingança no clã, o que se pode tornar problemático na hora de jogar. Os seus danos são bastante razoáveis e a pouca potência é compensada pelo poder e bónus.

Numar, muito provavelmente a carta de 4* mais sólida dos UluWatu, pelo menos para elo! O ponto fraco é sem duvida o seu dano, mas o poder de “+2 vida” vem colmatar este pequeno senão, podendo fazer uma diferença de 6 de vida! A juntar aos magníficos 10 de potência tornam-na uma óptima carta.

Qubik, a carta da semana 7/5 com SOA, não será indiscutivelmente a carta do clã visto que os junkz já possuem óptimas cartas de 4*, mas veio para discutir o lugar com rowdy e gibson.

Wurmhol, mais uma carta 2* para os gheist, e esta foi criada claramente para perder, de modo a activar o seu poder. Mas será assim tão óbvio ou os 7 de potência estão lá a fazer alguma coisa? O urban rivals está cada vez mais estratégico e esta carta pode ser ideal para alguns jogadores.

Fiquem bem, e bom ano a todos!